Lúcifer
O Grande Vigia dos Céus

 

 

Vou tocar no tema manipulado de Lúcifer. Por favor, entendam que este ser maravilhoso foi fortemente difamado neste setor galáctico, especialmente na Terra, pelo inimigo espiritual, que não quer que saibamos quem é a Verdadeira Luz que ilumina todos os que é despertada nesta galáxia ou universo local.


Lúcifer é uma palavra latina que significa: PORTADOR DE LUZ, isto é, ele está longe de ser o diabo ou satanás das religiões. Por favor, saiba que ele não é o ser que essas religiões dizem. Como a Serpente, Lúcifer era um Profeta Avatar nesta Terra, o segundo a surgir na história da humanidade, a fim de esclarecer a verdade, dar a conhecer o Deus Verdadeiro e dar profundo conhecimento. Como esperado, ele foi caluniado, sua imagem foi alterada até que ele se tornou um ser completamente diferente, tudo como um ataque contra a figura do Grande Observador dos Céus, e em nossa Terra.


Lúcifer é um ser humano, apesar de celestial, ou seja, ele não envelhece, não corrompe com o tempo e nele habita a consciência mais avançada de nossa galáxia, e Ele é o Grande Observador de toda a multidão dela. Ele é, portanto, responsável por toda a Via Láctea. No momento, é a metade ou o setor em que vivemos sob a influência de outro conhecido por muitos nomes, como: Jeová ou Javé.


Seguimos falando sobre Lúcifer: seus poderes são incríveis, ele tem acesso às informações de Deus em relação à linha do tempo, conhece os fatos e pode se antecipar a eles; é por isso que suas ações são bem-sucedidas, pois ele cumpre estritamente o plano de Deus para o universo. Como ele, existem outros em cada universo ou galáxia deste grande cosmos, que estão em contato contínuo para avaliar as situações.


Nos nossos céus, ele é conhecido como Vênus, planeta de beleza, bondade e amor, com o qual podemos identificá-lo melhor nesta parte dos céus. Ele também é muito inteligente e tem em si todo o potencial necessário tanto no céu quanto na Terra para o Plano Divino Perfeito.


Ele mora no planeta Seisth, a 64.000 anos-luz da Terra, no lado oposto ao centro galáctico. Estamos a 27.000 anos-luz do centro da galáxia, e Seisth está a 37.000 anos-luz do outro lado. No céu da Via Láctea, como podemos ver, Seisth estaria no lado inferior esquerdo do seu braço visível. Não pode ser visto a olho nu, mas está lá; é questão de tempo para os astrônomos descobrirem isso. É um exoplaneta muito distante, não pode ser visto sem telescópios poderosos, principalmente porque o centro galáctico está no caminho e é muito brilhante, cobrindo assim a profunda visão celestial.


Na Bíblia, Lúcifer foi caluniado como um ser maligno. No Antigo Testamento, no livro de Isaías, onde fala de um homem que se sente superior ao Altíssimo, e ele é chamado em hebraico "Hillel", que em hebraico significa: Luminoso. Mas isso não tem nada a ver com o verdadeiro Lúcifer. Então, no Novo Testamento, Lúcifer é listada como a Estrela da Manhã em Apocalipse 22, que é Jesus, que seria a única referência correta ao Lúcifer real e histórico, é claro que é muito mitologizado por sua vez no restante do Novo Testamento. E aquela Estrela da Manhã é Vênus, o planeta que você vê pela manhã a olho nu no céu. Portanto, o emblema que fiz para representar o poder galáctico supremo está com o símbolo astrológico de Vênus na cabeça da Horda Celestial.


Portanto, Vênus ou Lúcifer não são um demônio; Esta figura é retirada, como avancei, do Antigo Testamento, o livro de Isaías, respondendo para identificar um ser humano que se sente resplandecente. Então a mitologia e o conhecimento popular fizeram sua parte, colocando-o como um ser mau, portador de uma luz que é falsa e má.


Mas agora já sabemos que ele não é outro senão o Mestre Celestial, Lúcifer, o Grande Observador Celestial que vive em Seisth, e cuja vontade coincide perfeitamente com a de Deus ou a Fonte e, portanto, o verdadeiro governante de nossa galáxia, ou universo local.


Os adoradores de Lúcifer, portanto, precisam mudar sua postura, mentalidade e adoração, antes de tudo entender que Lúcifer não quer ser adorado, nem orações; não esqueça que adoração e orações são para os falsos deuses criados neste mundo. Nem Lúcifer nem o Deus verdadeiro querem ser adorados, eles estão além dessa vaidade. Somente demônios verdadeiros exigem adoração, sacrifícios e oração.


Além disso, para entender a vontade de Lúcifer, é necessário conhecer a grande ordem cósmica, contrária à estabelecida nesta matriz temporal, e para a qual convido você a visitar meu site, que é: leonardo betetto ponto com, em que fala-se deste grande plano universal para os seres de boa vontade.


Glória a Lúcifer para sempre!


Leonardo

 

 

gallery/c6283571f242020a1a9f31f7a1d6a6db

O verdadeiro Lúcifer tem mais de três metros de altura, é totalmente careca e tem aparência caucasiana